Por Quê Usar um CMS para Criar um Website

Use a cms to build your website

Por Quê Usar um CMS para Criar um Website

Acabou de abrir a sua empresa e tem consciência da necessidade de criar um website para se lançar no grande, complexo e competitivo mundo da Internet. Pergunta a opinião de amigos e entra em contacto com algumas agências digitais para perceber qual deverá ser o próximo passo. É aqui que provavelmente é apresentado ao conceito de CMS, Content Management System (Sistema de Gestão de Conteúdo).

Um CMS é uma aplicação informática que permite a criação e modificação de conteúdo digital. Num CMS pode assumir o papel de um verdadeiro gestor de conteúdo, alterando facilmente quase tudo no seu site. E a melhor parte é que poderá fazê-lo sem precisar de saber escrever uma única linha de código.

Parece mentira mas, de facto, tudo isto é possível através de um CMS. Aqui ficam 5 razões para usar um CMS, o seu novo melhor amigo.
 

tell me more

 

1. É um método mais rápido

Quer decida criar o site por iniciativa própria ou contratar uma agência, usar um CMS será sempre um método mais rápido do que criar o website de raiz.

As aplicações CMS têm uma estrutura base chamada core que vem com o software de instalação e que está preparada para funcionar por si só (como as tendas de campismo que se montam sozinhas). Em mais ou menos 15 minutos consegue ter um website operacional. O resultado é uma estrutura bastante básica com um sistema backstage pronto para adicionar páginas, menus e outras tantas funcionalidades. E assim, pode começar a construir o seu site ideal.

 

Faster with CMS


 

2. Pode escolher a melhor solução para a sua empresa

Felizmente, a escolha em relação a CMS disponíveis é bastante variada. As aplicações CMS já existem há pelo menos duas décadas, e à medida que a procura foi aumentando, foram surgindo novas ideias e novas aplicações de gestão de conteúdo.

O CMS mais popular, de que provavelmente já ouviu falar, é o Wordpress (utilizado por mais de 27% dos websites na Internet). Seguem-se Joomla, Drupal, Magento, Blogger, e muitos, muitos mais. Alguns são mais indicados para blogs, outros para lojas online, intranet, sites institucionais ou sites estáticos. Tudo depende do tipo de website que pretende e do seu nível de experiência com este tipo de aplicações, uma vez que algumas são mais limitadas ou mais fáceis de usar do que outras.

Com tanta escolha, nada é impossível. E para o caso de querer saber o custo destas aplicações, a maioria é gratuita!

 

CMS variety


 

3. Passa a tomar as rédeas de tudo que envolva o seu site

O poder passa a ser seu. Acabam-se as chamadas e emails fora de horas para pedir ao programador que altere o texto html do ficheiro em php, numa área obscura e inacessível do seu site. Um CMS permite-lhe adicionar, modificar ou remover conteúdo quando quiser, poupando-lhe tempo para gerir o seu negócio e atualizar conteúdo: nomeadamente, adicionar e formatar texto, imagens, menus, links, páginas, posts no blog, etc.

Terá mais tempo para se focar em ferramentas como keyword monitoring, redes sociais, blogging e email marketing para ajudar a melhorar o SEO (Search Engine Optimization) do seu site. E se preferir contratar uma agência ou delegar a tarefa a alguém de confiança, apenas precisa de criar uma conta e dar-lhes as permissões necessárias. É tão simples quanto isso.

 

Take the wheel


 

4. Pode ser ampliado

Não está satisfeito com o que tem no seu site neste momento? Conheça as funcionalidades alargadas de cada CMS. Em Drupal, chamam-se módulos. Já o Wordpress tem plugins. Estão disponíveis para download gratuito (embora, alguns plugins de Wordpress sejam pagos) e pode facilmente adicioná-los ao seu site. Seja um formulário de contacto, uma galeria de imagens ou um editor de texto, felizmente alguém já teve essa mesma necessidade e contribuiu, implementando e partilhando essas funcionalidades com a restante comunidade CMS.

E se não tiver tempo ou paciência para se dedicar à implementação do design, existe também uma variedade de temas que poderá aplicar ao seu site. Uma vez que estes temas estão disponíveis para toda a comunidade, terá de contar com a ajuda de um designer se quiser um look mais personalizado.
 

Extended features of CMS


 

5. Comunidade e apoio

Como já foi referido, a comunidade é um aspecto muito importante dos CMS. Com o aumento de popularidade das aplicações de CMS, há um número cada vez maior de programadores e utilizadores não-técnicos interessados neste método de construção de websites, o que tem resultado numa ajuda mútua dentro da comunidade. Se por algum motivo a ajuda da comunidade não for suficiente, existem sempre agências digitais com experiência nos diversos tipos de CMS que poderá contactar para resolver o problema no seu site.

 

CMS community

 

A maioria das aplicações de CMS foram desenvolvidas para utilizadores com pouco ou nenhum conhecimento de linguagens de programação, no entanto são também ótimas ferramentas para programadores, já que lhes permite utilizar o seu tempo de forma mais eficiente.

Existe muita controvérsia sobre as vantagens e desvantagens dos CMS pelo facto de utilizadores sem conhecimento técnico não dominarem as regras básicas da Web. E, de facto, existem limitações que apenas podem ser descodificadas e compreendidas por especialistas da área.

A solução está na cooperação entre as diferentes partes: pedir a um programador para implementar funcionalidades específicas e contactar um designer para dar um toque de magia que dê destaque ao seu website. Eles devolvem-lhe as rédeas e está preparado para conquistar a Web. Parece-lhe bem?

Esteja sempre preparado para tirar proveito de ferramentas como estas e entre em contacto com a nossa equipa se precisar de alguma dica ou solução, para que o seu negócio tenha o website que realmente merece.